CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

2006-06-18

→ Já não sou virgem

A família comia tranquila quando, de repente, a filha de 10 anos comenta tristemente:
- Tenho uma má notícia... Já não sou virgem!
E começa a chorar visivelmente alterada, com as mãos no rosto.
Um silêncio sepulcral. Os pais começam a trocar acusações mútuas...
- Tu, filha da puta! - dirigindo-se à esposa - Isto é por seres como és! Por te vestires como puta barata e te arreganhares para o primeiro imbecil que chega aqui a casa. Claro, com este exemplo que a menina vê todos os dias...
- E tu - apontando para a filha de 25 anos - Sempre agarranda no sofá a lamber aquele filho da puta do teu namorado que tem jeito de maricas. Tudo na frente da menina!
A mãe não aguenta mais e enervada, grita:
- Aahh, é isso? E quem é o imbecil que gasta metade do ordenado com as putas e despede-se delas á porta de casa? Pensas que eu e a menina somos cegas? E além disso, que exemplo podes dar, se desde que assinas-te a maldita da TV Cabo, passas todos os finais de semana a assistir a filmes porno de quinta categoria?
Desconsolada e à beira de um colapso, a mãe, com os olhos cheios de lágrimas e a voz trémula, pega ternamente na mão da filha e pergunta baixinho:
- O que é que aconteceu, filhinha? Foi vaginal? Anal? Forçaram-te? Bateram-te?
E entre soluços a menina responde:
- Não mãe! O que aconteceu foi que a professora tirou-me do presépio! E a virgem, agora, é a Andreia... eu vou fazer de vaquinha!